Na sequência da aprovação de um plano de emergência e reestruturação do terceiro escalão do futebol sénior masculino português, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) definiu que o Campeonato de Portugal será alargado e que todas as Associações de Futebol terão a possibilidade de indicar um representante para a próxima época desportiva.
A FPF, que inicialmente defendeu que não existiriam subidas e descidas, acabou por aceder a esta reivindicação por parte das Associações e, com este alargamento do Campeonato de Portugal, a Direcção da Associação de Futebol de Portalegre (AFP) acredita que, já na época desportiva 2020/2021, o distrito de Portalegre vai ter um representante na competição. 
O presidente da Direcção, Daniel Pina, já abordou os clubes que, de acordo com o Regulamento da Prova, podem ser convidados e mostra-se bastante optimista. 
"Esta Direcção lutou muito por esta situação e já abordámos os clubes, que deixaram em aberto a possibilidade de virem a representar o distrito na prova nacional. Acredito num apoio adequado por parte das autarquias e de vários patrocinadores, bem como da possibilidade desse clube ter uma parceria comercial forte”, afirma.

Tratamento igual no futsal

Encontrada uma solução para o futebol, a Direcção da AFP aguarda agora que a FPF aplique a mesma solução no que respeita ao futsal masculino e feminino, uma vez que foi, desde a primeira hora, a principal impulsionadora de que esta modalidade, com grande expressão na nossa região, fosse tratada de forma igual ao futebol. 
Na próxima semana, a Direcção da AFP vai convocar os clubes para a realização de diversas reuniões de trabalho e de preparação da próxima época desportiva.